Bolsistas do Pró-Atleta trazem medalhas dos Jogos Pan-Americanos Universitários, no México

Dois atletas do taekwondo representaram muito bem o Estado de Goiás nos Jogos Pan-Americanos Universitários, o Fisu America Games, e voltaram de Mérida, no México, com medalhas no peito. Bolsistas do Pró-Atleta, programa de fomento ao esporte de alto rendimento do Governo de Goiás, Dângela Guimarães e Patrik Cardoso conquistaram, na última semana, resultados expressivos na competição internacional.

Dângela Guimarães ganhou duas medalhas de ouro: a primeira na categoria até 46kg e a segunda na disputa por equipes. Já Patrick Cardoso faturou o bronze na categoria acima de 87kg. Os dois têm acumulado resultados de destaque e, com isso, têm subido no ranking nacional e mundial da modalidade, sendo dois dos principais nomes goianos no ciclo olímpico. Ambos recebem a bolsa nacional (R$ 750 mensais) do Pró-Atleta, programa que investe, em 2022, R$ 2,5 milhões nos 600 atletas selecionados.

Aos 22 anos, Dângela falou sobre a bagagem adquirida com as medalhas conquistadas no México. “É uma experiência incrível lutar com atletas de vários países, ganhar experiência internacional, e pontuar no ranking, chegando mais perto do sonho de disputar uma edição de Olimpíadas. Estou na briga e tenho esperanças de alcançar esse objetivo em 2024, em Paris”, ressaltou a lutadora, que destacou a importância do apoio do Pró-Atleta. “O programa é muito importante para nos dar suporte para atingir os nossos objetivos”, cravou a atleta, que está na 16ª posição do ranking mundial em sua categoria, até 46kg.

Já Patrik Cardoso falou sobre a importância da participação Pan-Americano no planejamento para o ciclo olímpico. “A experiência que a gente tem nesse tipo de competição, de nível internacional, fomenta o nosso objetivo maior, que é disputar vaga em Campeonato Mundial e Olimpíadas. Temos que pontuar cada vez mais para estar sempre nas cabeças no ranking mundial, visando sempre esse objetivo maior”, afirmou o lutador, que também falou sobre como o Pró-Atleta auxilia no seu dia a dia. “O programa faz a diferença para a gente realizar o trabalho de alto rendimento, não só para a gente do taekwondo, mas de todas outras modalidades, para que nossos representantes alcançarem os objetivos em competições nacionais e internacionais”, finalizou.

Superintendente de Gestão Integrada da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, Lusimar Santos falou sobre as ações de fomento aos atletas de alto rendimento, para que Goiás consiga colocar sua bandeira em pódios de competições importantes. “É um compromisso da Seel e do Governo de Goiás atender e fomentar todas as modalidades esportivas. Fazemos isso com o Pró-Atleta, que atende 600 desportistas, com apoio de transporte terrestre e passagens aéreas, para mandar nossos atletas para competições, e o trabalho de infraestrutura junto às federações, no apoio a competições locais. Esse é o nosso trabalho para desenvolver tanto a base de formação, quanto ao alto rendimento”, avaliou o dirigente.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.